quinta-feira, 5 de abril de 2018

Alckmin inaugura estação Moema, da Linha 5-Lilás do Metrô

Alckmin inaugura estação Moema da Linha 5-Lilás (Foto: Daniel Médici)
(Foto: Daniel Médici)
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou a estação Moema da Linha 5-Lilás, na Zona Sul, com quatro anos de atraso. Alckmin deixa o cargo nesta sexta para concorrer à Presidência da República.

Nesta quarta-feira (4), o governador inaugurou parte da estação Oscar Freire, da Linha 4-Amarela do Metrô.

Alckmin elogiou o tamanho da obra em comparação com as de Londres e de Paris, que chamou de "acanhadinhas". 

"Olha que estação. Isso muda a paisagem da região", disse o tucano.

Ao falar sobre as obras da Linha 17 do monotrilho, o governador disse que "nós vamos chegar ao terminal de embarque do aeroporto de Congonhas". Sua gestão havia enfrentado críticas em relação à estação Aeroporto da CPTM, por estar distante dos terminais de Cumbica.

Sobre a Linha 6-Laranja, também atrasada, Alckmin falou da necessidade de uma nova licitação.

"Nós vamos relicitar, porque infelizmente tem empresas que tem problema, você tem que relicitar e retomar a obra".

A nova estação da Linha Lilás funcionará de segunda a sábado, das 10h às 15h, sem cobrança de tarifa. Gradativamente, o funcionamento será ampliado até que a estação opere todos os dias das 4h40 à meia-noite, com cobrança de tarifa.

Quando estiver totalmente pronta, a 5-Linha Lilás vai ligar o Capão Redondo à Chácara Klabin, e fará interligação com o monotrilho e as linhas Azul e Verde do Metrô. A linha inteira deveria estar pronta até 2014. A nova data prometida é para o final deste ano.

As obras do primeiro trecho da linha Lilás começaram em 1998. Quem pagou o serviço foi a CPTM, mas a linha acabou virando do Metrô. O trecho de 9,4 km, entre o Capão Redondo e o Largo 13, ficou pronto em 2002.

0 comentários: