sábado, 7 de abril de 2018

Maradona faz duras críticas contra o técnico Sampaoli e presidente da AFA

Foto: Divulgação
Maradona criticou duramente o técnico da Argentina Jorge Sampaoli. O ex-jogador revelou que Sampaoli o convidou para um encontro na Espanha apenas para se reaproximar da seleção e o adjetivou como “traidor”.

“Chega à seleção com um arsenal de assistentes e quer explicar que a bola é redonda. Para mim, é aí que mais erra. Nós, que somos do futebol, não nos lembramos de ter ouvido uma narração de um gol de Sampaoli. Por isso ele precisa ter grande respeito pelo que dizemos, por tudo que fizemos pela Argentina”, disse Maradona.

“Foi um traidor. Quando a Argentina ganhou a Copa Davis de tênis, me convidou para um encontro em Sevilha e depois conversaríamos sobre futebol. Disse que sim, mas depois ficou claro que ele tinha outros planos. Não queria falar comigo, e sim se aproximar da seleção”, concluiu.

Maradona também criticou o presidente da Federação Argentina de Futebol (AFA), Claudio Tapia.

“A Argentina está perdendo o respeito que conquistou, porque as coisas estão sendo feitas de uma forma cada vez mais. Tiramos Grondona e colocamos Tapia. Falou comigo, estivemos de acordo e depois foi buscar o Sampaoli, que é uma falta de respeito”, detonou.

0 comentários: